Betim

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Embalagens, confeccionadas pelo artista plástico Jacson Abacatu, serão vendidas por R$3,99 nas lojas Superluna

 

A rede de supermercados Superluna, em parceria com a ORCCA (Organização Regional de Combate ao Câncer), lançará em suas lojas de Betim, região metropolitana de Belo Horizonte, o projeto ‘Sacola Solidária’. A renda, obtida com a venda das 30 mil embalagens, será destinada a construção do primeiro hospital filantrópico da cidade para tratamento do câncer, voltado à atendimento quimioterápico e ambulatorial em tumores adultos, como câncer de mama, tireoide, colorretal e cabeça/pescoço. 

O evento de lançamento da ‘Sacola Solidária’ acontece na próxima sexta-feira (25/10/2019), a partir de 9h, na unidade do Superluna localizada dentro do Partage Shopping (Rod. Fernão Dias, 601 - Km 492 - São João, Betim). As embalagens, confeccionadas pelo artista plástico Jacson Abacatu, serão vendidas por R$3,99.

 

Saiba mais sobre o Hospital do Câncer de Betim

 

O Hospital do Câncer será instalado em um terreno de 35 mil m², doado pela Prefeitura de Betim para a ORCCA em 2014, as margens da Avenida Edmeia Mattos Lazarotti. A unidade de saúde, que não funcionará com regime de internação, terá capacidade instalada para atender a 60 pacientes em quimioterapia por dia e 300 [pacientes] ao mês para tratamento por via oral. “A expectativa é que no futuro ele possa se tornar um centro de saúde completo no atendimento oncológico e oferecer, inclusive, estadias gratuitas aos pacientes do interior do estado, que chegam para as sessões de ‘quimio’, mas as vezes não têm condições de voltar para casa no mesmo dia”, afirma o oncologista clínico Charles Pádua, integrante do Conselho Administrativo da ORCCA.

 As obras, estimadas entre R$ 3 a R$ 4 milhões, ainda não têm previsão de início, assim como a abertura do hospital. “Por isso contamos com a ajuda da iniciativa privada e de parceiros para estarem conosco nesta empreitada e nos ajudarem na arrecadação de fundos destinados à construção do nosso empreendimento, que sem dúvida salvará milhares de vidas”, destaca Charles

 

Serviço:

Lançamento da ‘Sacola Solidária da ORCCA’

Data: 25 de outubro, sexta-feira, a partir de 9h

Local: Supermercado Superluna (Partage Shopping - Rod. Fernão Dias, 601 - Km 492 - São João, Betim)

Informações: (31) 3595-3882

 

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Um dos produtos é a Carteira Premiada, vencedora do FORM 2007 da Feira Tendence Lifestyle 2007 realizada em Frankfurt, na Alemanha


Créditos Suelen Rudiger-Antenados Produtora

A Associação de Empreendedores do Artesanato Futurarte, criada pelo Instituto Ramacrisna para promover o desenvolvimento sustentável das comunidades de área rural da cidade de Betim, foi uma das selecionadas para expor suas bolsas na 25ª edição do Minas Trend Preview - que acontece no Expominas de 22 a 25 de outubro com o tema "Tecendo futuros". "É uma oportunidade de mostrar ao mercado a excelência dos produtos e valorizar o trabalho das artesãs da Associação”, declara Solange Bottaro, vice-presidente do Instituto Ramacrisna.

No Minas Trend, a Futurarte  vai expor produtos como a Carteira Premiada em Frankfurt, na Alemanha, na Feira Tendence Lifestyle 2007. O produto, feito com matéria prima de jornal e tecido de chita, ganhou o prêmio FORM 2007. A associação também vai expor a coleção desenvolvida pelo estilista Ronaldo Silvestre, parceiro social da Futurarte há mais de 10 anos.  Seu trabalho autoral tem sempre a preocupação de envolver questões atuais vivenciadas pela sociedade como: o eco design, a economia criativa e a preocupação sócio-econômico-ambiental. Em 2018, o designer realizou oficinas com as artesãs de Betim ensinando novas técnicas que foram aplicadas na criação dos novos produtos. 

O objetivo da Futurarte é gerar trabalho e renda para mulheres em situação de vulnerabilidade social a partir da produção e comercialização de produtos artesanais sustentáveis, promovendo uma atividade ambientalmente correta. A produção prioriza o reaproveitamento de materiais como: jornais, sacos de cimento, banners, retalhos de tecidos e surpreende pela qualidade e design das peças.  

Processo seletivo 

Em setembro, o Governo de Minas, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais - (Codemge), selecionou produtores de moda para exibirem seus produtos no Minas Trend. Além da Futurarte, foram escolhidas outras 20 marcas, em seleção aberta a empreendedores de todo o estado. De acordo com a Codemge, foram levados em consideração, durante a escolha das marcas, critérios como originalidade e design, qualidade de produção e possibilidade de expansão do negócio.

Serviço

25º Edição Do Minas Trend Preview
De 22 a 24/10 - terça a quinta-feira -  De 10h às 20h
25/10 - sexta-feira - De 10h às 17h

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

#Betim: Onda de assaltos e assassinatos na cidade deixam em pânico a população pela falta de segurança

Dessa vez a vítima foi um motoboy, de apenas 19 anos de idade.

Ele foi assaltado durante o trabalho, depois de uma entrega no início da madrugada desta quinta-feira (10/10/2019) no bairro Vila Cristina em Betim, na grande Belo Horizonte.

Segundo o motoboy, por volta das 00h30, foi parado por dois homens armados, na rua Peçanha, no bairro Vila Cristina.

A vítima ainda relatou que após o roubo, a dupla fugiu por um beco que fica ao lado do imóvel onde estava fazendo uma entrega.

Ninguém ainda foi preso e não se tem por enquanto suspeitos.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Força-tarefa em parceria com órgão antitruste do governo executa nesta quinta, 17, dez mandados de buscas em empresas que teriam se ajustado para fixar artificialmente valor do frete de carros 0 km

Foto: Whatsapp / Operação Pacto - Polícia Federal

Os envolvidos responderão por crimes contra a ordem econômica (artigo 4º, da Lei 8.137/90) e de organização criminosa (art. 2º, da Lei nº. 12.850/2013), cujas penas somadas poderão alcançar 13 anos de prisão.

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta, 17/10/2019, a Operação Pacto, para apurar a formação de um cartel envolvendo empresas Transportadoras de veículos, ‘cegonheiros’.

Cerca de 60 policiais cumprem dez mandados de busca e apreensão em cidades de quatro Estados – Santo André (SP), São Bernardo do Campo (SP), Serra (ES), Betim (MG) e Simões Filho (BA).

A ação é realizada em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público de São Paulo e com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

Segundo a PF, a investigação identificou um ‘acordo anticompetitivo’ que fixava artificialmente o valor do frete dos veículos 0 km e dividia o mercado entre os participantes do cartel.

“A estratégia adotada elimina a livre concorrência e impede a entrada de novas empresas no mercado, o que eleva substancialmente o valor do serviço”, anotou a corporação.

A Polícia Federal indicou que os investigados podem responder por crimes contra a ordem econômica e de organização criminosa, cujas penas, somadas, podem chegar a 13 anos de prisão.

O nome da operação faz referência ao acordo anticompetitivo entre as empresas envolvidas, indicou a PF.

A operação foi realizada em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de São Paulo, com a colaboração do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).








Com informações da Polícia Federal, Gaeco e Ministério Público Federal

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Cristiane Soldino foi morta na porta de casa, quando voltava do trabalho. Testemunhas contaram à polícia que um homem passou em um carro escuro, fez três disparos e fugiu.

Uma agente de saúde foi morta a tiros em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, no fim da tarde desta quinta-feira (10).


Cristiane Soldino foi morta a tiros em Betim — Foto: Reprodução/TV Globo


De acordo com a Polícia Militar (PM), o assassinato aconteceu na Rua Hélio Noronha Braga, no bairro Vila Montanhese. Cristiane Soldino, de 36 anos, foi morta com três tiros. Um deles atingiu a cabeça dela.